Três Parábolas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Três Parábolas

Mensagem por Luiz Cruz em 14/10/11, 09:52 pm

Três Parábolas

O Peixinho à Procura do Oceano
- Você me perdoe – falou um peixinho ao outro – você é mais velho e com mais experiência do que eu e, provavelmente, poderá me ajudar. Diga-me: onde poderei encontrar isso que chamam de oceano? Já procurei por toda a parte, mas sem resultado.
- O Oceano – respondeu o peixe velho – é exatamente onde você está agora mesmo.
- Isto aqui? Ora, mas isso é apenas água e mais nada... O que estou procurando é o Oceano – replicou o peixinho, totalmente decepcionado, enquanto se retirava, nadando, a fim de procurá-lo em outro lugar.


A Herança
Um homem tinha dois filhos e, ao morrer, deixou a cada um, como herança, a metade de suas terras. Entretanto um de seus filhos já era rico, mas não tivera filhos. O outro era pobre, tendo, além disso, sete filhos.
Naquela noite o filho rico não conseguiu pegar no sono, pensando: “meu pai se equivocou, pois já sou rico e ele me deixou a metade da herança, ao passo que meu irmão é pobre e não possui terras suficientes para seus sete filhos.” Levantando-se, então, e, antes que o sol nascesse, pôs-se a caminho a fim de alterar os limites da propriedade que herdara, de modo que coubesse a seu irmão uma parcela bem maior.
Também o outro filho, o pobre, passara aquela noite acordado: “meu pai se equivocou – pensara ele –, pois eu tenho sete filhos, ao passo que meu irmão não tem nenhum.” Então, antes de raiar o sol, correu para o campo a fim de corrigir os limites, para que seu irmão ficasse com a maior parte das terras.
Quando despontou a aurora, os dois irmãos se encontraram. Digo-lhes que naquele lugar é que se erguerá a cidade da paz.


O Macaco e o Peixe
- Que é que estás fazendo? – perguntei a um macaco, quando vi retirar um peixe da água e colocá-lo sobre o galho de uma árvore.
- Estou salvando-o de morrer afogado – foi o que me respondeu.


Consideração: Penso que as três parábolas sugerem uma série de reflexões que nos ajudará a convivermos melhor. Deixo uma pergunta para quem gosta de pensar e tirar proveito das iluminações que nos são apresentadas no correr da vida:
Como posso relacionar essas três parábolas ao meu relacionamento cotidiano com as pessoas com quem convivo ou encontro em minha caminhada?

Luiz Cruz
Colaboratech
Colaboratech

Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 168
Minha Frase : "Tempus fugit, carpe diem."
Localização : Juiz de Fora, Minas
Barra de respeito as regras: :

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum