Motorista de ônibus 'cochilou', diz caminhoneiro após acidente

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Motorista de ônibus 'cochilou', diz caminhoneiro após acidente

Mensagem por Convidad em 26/01/11, 03:24 pm



O caminheiro Luís Manoel do Araújo, de 48 anos, culpou o motorista do ônibus pelo acidente que resultou na morte de uma mulher e deixou outras 31 feridas, sendo uma em estado grave, por volta das 13h30 desta quarta-feira (26), na altura do km 44 da pista sentido São Paulo da Rodovia Castello Branco, em Araçariguama, interior do estado.

Segundo ele, o motorista do ônibus teria cochilado. "Eu estava na (pista) da direita porque estava carregado de areia. E vi quando ele (ônibus) vinha na minha direção. Ele tentou sair fora, mas teve de ficar na direita e acabou me acertando. Pelo menos um passageiro do ônibus diz que ele dormiu, deu uma cochilada", declarou Araújo, que seguia de Bufete para a Zona Oeste da capital. O caminhoneiro sofreu apenas um ferimento leve no braço direito.
O motorista do ônibus, Irineu Pereira de França, de 53 anos, por sua vez, negou que tenha cochila do no volante. "Vinha atrás do caminhão e quando eu tentei sair ele deu uma balançada na minha frente. Não cochilei, não", declarou França, que disse ter 33 anos de profissão. "Este foi o primeiro acidente mais grave que me envolvi", lamentou.
De acordo com o motorista, o ônibus, da Viação Cometa, seguia de Sorocaba para São Paulo, quando houve o acidente. Ao todo, 14 equipes participaram do socorro às vítimas, entre Corpo de Bombeiros, Samu e resgate da concessionária que administra a via. A pista sentido capital teve de ser interditada para que as equipes socorressem as vítimas.
O sentido São Paulo da Rodovia Castello Branco foi totalmente liberado por volta das 15h30, após ficar parcialmente bloqueado por cerca de duas horas. Ao todo, 14 equipes participaram do socorro às vítimas, entre Corpo de Bombeiros, Samu e resgate da concessionária que administra a via.

Por meio de nota, a Viação Cometa lamentou "profundamente o acidente" e afirmou todas "as providências no sentido de oferecer assistência médica e apoio psicológico para as vítimas estão em andamento". A empresa informa ainda que está averiguando as causas do acidente junto aos órgãos responsáveis. Ao finalizar, a viação reiterou "o zelo pelo cumprimento da legislação de trânsito e pela vida dos passageiros e população".
O capitão Maurício Guerra, da Polícia Rodoviária Estadual, afirmou que os veículos passarão por perícia e que as causas do acidente serão apuradas.

Um homem em uma motocicleta foi preso por policiais rodoviários suspeito de assaltar um motorista que ficou retido no congestionamento da Castello. A vítima falava ao celular quando teve o aparelho roubado, segundo o empresário Júnior Rodrigues, de 28 anos, que estava na garupa de uma moto e testemunhou o crime. A ocorrência será registrada na delegacia de São Roque, interior de São Paulo.



Fonte:G1

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum