Neoclássico

Ir em baixo

Neoclássico

Mensagem por Hi-Tech em 09/07/10, 09:48 pm

A reação ao gosto amplamente ornamentado do rococó, desenvolveu-se em muitos países europeus a partir de 1750, incentivada pelas descobertas da antiguidade grega, romana e etrusca, ocorrida com as escavações de Herculano, Pompéia e Tarquínia. Começou a se formar, então um novo estilo denominado de neoclássico.


O estilo neoclássico apresentou quatro fases distintas:

- A partir de 1760, uma moderação progressiva invadiu tanto o estilo de mobiliário como a decoração de interiores e ocorreu uma retificação das linhas curvas. Em 1770 surgiu o triunfo do neoclassicismo, com o estilo denominado Luís XVI; a antiguidade clássica passou a ser vista sobre um novo prisma, o da classe intelectual. A imitação da antiguidade apareceu através, do “gosto pompeano” e depois do “gosto etrusco”, apresentando um estilo leve e elegante.

- Posteriormente entre 1789 e 1799 surgiu um estilo de transição entre a época de Luís XVI e a época do império; o estilo Diretório que confrontou as linhas do estilo Luís XVI com as linhas rígidas e esbeltas do estilo inglês.

- Entre 1799 e 1815, o estilo neoclássico converteu-se em modelos pesados e aparatosos, que correspondem à época do Império, que vai se impor na Europa através das conquistas de Napoleão.

- Na última fase o estilo neoclássico foi influenciado pela incipiente industrialização, mas manteve a sua inspiração clássica originando o estilo restauração; nesta época inicia-se a preocupação de fazer do móvel um objeto de conforto e bem-estar, de acordo com as alterações sociais do século XIX.


NEOCLÁSSICO ITALIANO.

Os móveis italianos não chegaram a se manifestar de forma original, onde era grande a influência do estilo Francês (Luís XVI).

Grandes ebanistas desenvolveram o estilo neoclássico nas diversas regiões da Itália, tais como: em Piacenza, Alexandre Petitot, partidário do estilo Francês; no ducado de Parma, em Florença destacaram-se os Lorena; na Lombardia os Giuseppe Maggiolini, Giuseppe Levati e Giovanni Maffezzoli.


NEOCLÁSSICO NO BRASIL

Na primeira metade do século XIX, houve o desenvolvimento do estilo neoclássico no Brasil, com a assimilação de suas variações como o estilo Diretório, Império, Adam, Sheraton, Hepplewhite, Regência, Biedermeier e Thonet; que deram origem a interpretações e produções próprias como o estilo Sheraton Brasileiro, o D. João VI e o Beranger e estilo D. Maria I.
avatar
Hi-Tech
Utilizador do Fórum

Sexo : Masculino
Idade : 22
Número de Mensagens : 3796
Minha Frase : Seja Bem-Vindo ao fórum Hi-Tech!
Barra de respeito as regras: :

https://www.youtube.com/hitechuniverso

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum